quarta-feira, 29 de maio de 2013

Despertando...

Parando para pensar um pouco em você,  algo que me veio logo a cabeça - é que você se tornou uma espécie de despertador para mim. Não um despertador em horas, em tempo... Você me causa um despertar diferente. Depois de entrar em minha vida... É estranho quando você não me chama para conversar pela manhã - todos os dias. Acho que criei uma certa dependência e isso é estranho. Mas, se você quiser mesmo saber: eu tenho gostado destes nossos despertares. Eu gosto do gosto estranho que se faz...

Confissões bobinhas

Nenhum comentário:

Postar um comentário