sexta-feira, 23 de março de 2012

Ordinária


Você é uma pessoa ordinária!

Como outra qualquer.

O problema é que o meu coração te escolheu para ser a minha pessoa ordinária...

E como tal, você desempenha muito bem o seu papel.

Ordinária, mas muito pouco corriqueira...

Triviais são os meus sentimentos

E ordinárias são as tuas palavras, as tuas faltas e os teus silêncios...

De volta ao banal, acordo... Trivial que sou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário