terça-feira, 8 de novembro de 2011

Você me provoca

“Você me provoca achando que não há perigo. Sem conhecer a força da minha mordida, o tamanho dos caninos. Você me provoca sem esperar a picada.”
Caio Fernando Abreu

Nenhum comentário:

Postar um comentário