sábado, 26 de novembro de 2011

O coração da mulher é um labirinto

“Mas, como eu no fundo sou um cavalheiro à moda antiga, não me aproveitei dela e me conformei com um casto beijo na bochecha. Porque não estou com pressa, sabe?A espera aumenta o desejo. Tem uns bobalhões por ai que acham que, se põem a mão na bunda de uma mulher e ela não reclama, já está no papo. Aprendizes. O coração da mulher é um labirinto de sutilezas que desafia a mente grosseira do homem trapaceiro. Para realmente possuir uma mulher, é preciso pensar como ela, e a primeira coisa a fazer é ganhar sua alma. O resto, doce e fofo embrulho que nos faz perder os sentidos e a virtude, vêm por acréscimo.”

Carlos Ruiz Zafón

Nenhum comentário:

Postar um comentário