segunda-feira, 28 de março de 2011

Morri...

Há de um dia alguém compreender tão poucas palavras:

nasci, vivi e morri.

Muitas vezes!

E quantas foram as vezes em que morri.

Inúmeras...

Mas nasci de novo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário