terça-feira, 22 de março de 2011

A Folhinha da Palmeira, mas que bobeira

É tudo tão verdinho.
Ah, mas quando estou ao seu ladinho,
Quando você esta pertinho...
Ai, como palpita meu coraçãozinho.
Espero que você me ame,
Nem que seja só um pouquinho.
Como almejo o seu carinho.
E este poema?
Ai, como ele é bobinho!
Então vamos deixar voar,
Feito passarinho...

Nenhum comentário:

Postar um comentário